2312
  • 3
  • 08.03.18
  • Ricardo Burato Dias
  • Agita SP
  • 959

2º Fórum de Boas Práticas Regional na Promoção da Atividade Física e 1ª Reunião de Interlocutores Municipais do Programa Agita São Paulo de 2018 do DRS II - Araçatuba/SP

No último dia 07 de Março de 2017 na sede do DRS II - Araçatuba/SP realizamos o 2º Fórum de Boas Práticas Regional na Promoção da Atividade Física e 1ª Reunião de Interlocutores Municipais do Programa Agita São Paulo de 2018 do DRS II - Araçatuba/SP.

Feita apresentação inicial pelo Interlocutor Regional - Enf. Ricardo Burato, informando que todos os 40 Municípios tem a Carta São Paulo assinada e posteriormente realizado apresentação dos eventos ocorridos no último ano no DRS II. Comentou ainda que houve participação dos Interlocutores Municipais de Lourdes – Brejo Alegre – Barbosa – Clementina – Buritama - Andradina no 40º Simpósio Internacional de Ciências do Esporte - CELAFISCS e que a participação dos profissionais neste tipo de evento é de extrema importância para agregar conhecimento para desenvolver suas ações nos Municípios. Lembrou da criação do Programa Agita São Paulo, que foi criado para combater ao sedentarismo no Estado de São Paulo promovendo o nível de atividade física e o conhecimento dos benefícios de um estilo de vida ativa, apresentado alguns artigos científicos e pontuado desafios para os Interlocutores. Foi entregue o Agitol 2018 e o feita apresentação do Manual do Agitador 2018.

Houve a apresentação de ações exitosas de cinco municípios, sendo: Andradina (Ed; Saúde - Eloá Pessoa), Araçatuba (Ed. Físico - Diego R. Moreno), Brejo Alegre (Fisioterapeuta - Andréa M. Castilho), Clementina (Ed. Físico - Diego Paulucci), Bilac (Ed. Física - Adriana Y. de Almeida). Ressaltado pelos  palestrantes que a sustentabilidade do programa depende principalmente do apoio de parcerias com instituições, empresas, faculdades, associações de bairro, além da articulação que deve existir dentro do próprio município entre as diversas secretarias: saúde, esporte, educação, assistência social principalmente, com o apoio da Gestão Municipal. Foi lembrado pela Interlocutora Andréa M. Castilho a importância de criação de lei municipal para institucionalizar o programa dentro dos Municípios e a busca de apoio com a Academia da Saúde. A Educadora Física Adriana ressaltou a importância de oportunizar para todos as ações forem desenvolvidas. Já a Ed. Saúde Eloá ressaltou que é fundamental o educador físico como parte da equipe de saúde e a busca de parceiros para o programa na comunidade. No final do evento o Educador Físico Diego Paulucci colocou todos para dançarem uma aula de zumba.

Tivemos a participação de 50 pessoas, entre Interlocutores Municipais e profissionais de 27 Municípios do DRS II, correspondendo a 67% do total de Municípios desta região.