SEJA UM PARCEIRO

Carta São Paulo

Slide3.GIF
Slide2.GIF
Slide1.GIF

Lista de Parceiros

Instituições Governamentais e

Não Governamentais

 

 

Rede de Parceiros Municipais

 

O programa Agita São Paulo, a partir de fevereiro de 2005 passou a realizar encontros específicos com os representantes regionais e municipais, principalmente do setor público e da área da saúde. Esta necessidade foi advinda dos interlocutores regionais, visto o reconhecimento do município como responsável pela definição de políticas de saúde por meio dos DRS,  constituiu-se a interlocução regional, semelhante  as articuladoras da Atenção Básica (AB) e tem como objetivo discutir estratégias de municipalização de políticas de promoção de atividade física. A Secretaria de Estado da Saúde após 2007 passou a ter 17 Departamentos Regionais de Saúde (DRS). As atribuições dos interlocutores do Programa Agita São Paulo estão focadas em:

 

a- Planejar em curto, médio e longo prazo o desenvolvimento das ações de promoção de atividade física no âmbito municipal; a organização dos megaeventos do calendário anual do Programa; a articulação dos municípios para com as políticas de promoção da saúde e atenção básica e ações que ampliem a utilização e ressignificam os espaços públicos e os tornem atrativos para que as pessoas usufruam deles para a prática de atividade física.

 

b- Disseminar o conhecimento científico e auxílio aos demais temas co-relacionados a atenção à saúde, com os parceiros gestores de setores públicos afins, com conselhos e conferências, etc. 

 

c- Estimular a inclusão das orientações do Programa Agita São Paulo nos programas de promoção da atividade física, promoção da saúde, controle do tabagismo e nas ações multiprofissionais já existentes no município/estado.

 

d- Promover ações de divulgação das recomendações para os públicos foco do Programa Agita São Paulo entre gestores (pautar de forma sistemática nos colegiados de gestão: reuniões setoriais de gestão, Comissão Intergestores Regional - CIR; Comissão Intergestores Bipartite - CIB; Comissões Permanentes de Integração Ensino-Serviço - CIES).

 

Assim, cada um dos municípios envolvidos com o Programa estabelece suas próprias estratégias de intervenção, sendo as secretarias municipais de saúde, as grandes aliadas na sustentação deste programa.

 

No período 2019-2022, o programa contabiliza 530 municípios parceiros.

 

Na visão dos coordenadores do programa, o processo de municipalização do Programa Agita São Paulo, foi constituído ao longo desses 24 anos, sob uma perspectiva da participação dos interlocutores regionais e municipais, além dos seus diversos parceiros de âmbito governamental e não governamental. Realizaram ações que promoviam o empoderamento, compartilhamento do conhecimento científico da área, produzido ou não pelo CELAFISCS e as experiências acumuladas por todos os seus atores. Possibilitaram, trabalhando desta maneira, a criação de uma rede autossustentável, ainda que não seja financeira, mas de tecnologia social para o enfrentamento dos problemas de saúde pública com intenção clara de desenvolver a autonomia local no processo de criação, planejamento, implantação, monitoramento e avaliação de políticas locais de promoção da Atividade Física.

 

Inserir e/ou fortalecer ações e programas de atividade física, como o Programa Academia da Saúde, o Programa Saúde na Escola, o Programa Esporte e Lazer da Cidade, entre outros, com base nas orientações do Programa Agita São Paulo nos diversos planos do setor da Saúde, nas linhas de cuidado e conforme citado nos grupos alvo do Programa Agita São Paulo nas ações de divulgação/disseminação.

 

Promover ações educacionais para a população e para os profissionais de saúde com base nas orientações do Programa Agita São Paulo por meio da teleducação (ex.: webpalestras, reuniões online). Utilizar a telegestão (ex.: videoconferência, webconferência e streaming) dos Núcleos de Telessaúde para abordar as orientações do Programa Agita São Paulo  na condução da gestão dos serviços e processos de trabalho.                                          

 

A história do programa foi denominado “Curso Estadual de multiplicadores do Programa Agita São Paulo” primeiro curso para capacitação de gestores de programas de atividades físicas, iniciando assim a municipalização do programa. Na primeira edição 2005 (78) profissionais, a segunda edição 2006 (82) profissionais, a terceira edição 2007 (36) profissionais, a quarta edição 2008 (105) profissionais, a quinta edição 2009 (87) profissionais, 2011-2012 (740) profissionais, 2014-2015 (1.123) profissionais, 2018 (202)profissionais  e 2019 (505) profissionais, totalizando nesta iniciativa total: 2.958 multiplicadores “Agente Agita”

 

As capacitações e treinamentos durante anos, resultaram em um aumento quantitativo apreciável nas cartas de adesão novas ou renovadas, totalizando aproximadamente 550  municípios que assinaram a Carta de Adesão do Programa Agita São Paulo, que representa 85% dos municípios do Estado de São Paulo.