7232
  • 0
  • 14.12.20
  • EventosNotícias
  • João Pedro Junior
  • 456

Roda de Conversa da Rede dos Manifestos

Roda de Conversa: O que nos conecta?

Ao longo do ano, manifestos e cartas foram elaborados por diversos coletivos com finalidades sinérgicas, como atividade física e saúde, mobilidade ativa, esporte e desenvolvimento humano e meio ambiente.

Agora, chegou o momento de unir esforços e fortalecer ações conjuntas na busca de um impacto e incidências nas políticas públicas.

Para isso, é necessário encontrar pontos convergentes e de conexão. Colabore nesta construção; participe da Roda de Conversa "O que nos conecta?", dia 17 de dezembro, das 16 às 18 horas, inscrições prévias até 16/12 link.

Venha dialogar, compartilhar suas experiências com as causas citadas e contribuir na construção de uma carta conjunta voltada aos gestores municipais eleitos.

Prepare-se dando uma olhada nos Manifestos e Cartas:

O primeiro deles foi criado pelo coletivo COMO ANDA: é o Manifesto por cidades para pessoas a pé que apresenta uma série de sugestões para cidades planejadas, construídas e cuidadas para - e por - pessoas a pé e chama a atenção para a importância de colocar no centro o pedestre nas políticas de mobilidade.O segundo é uma carta produzida pelo Grupo de Trabalho de Políticas Públicas da Sociedade Brasileira de Atividade Física e Saúde (SBAFS): apresenta resumidamente ações, estratégias, programas e políticas com ênfase na valorização, ampliação, adaptação e criação de espaços e ambientes que facilitem, encorajem e promovam a prática da atividade física no dia a dia dos cidadãos do seu município, tanto no lazer quanto no transporte.O Centro de estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCS) organizou o Manifesto da Atividade Física no Pós-Covid, que procura sensibilizar e mobilizar os mais distintos grupos populacionais, órgãos governamentais, não governamentais e da iniciativa privada sobre a promoção de uma vida mais ativa, considerando os seus efeitos preventivos na mitigação e pandemias como a da COVID-19, especialmente quando realizada de forma intersetorial e multiprofissional, traz ainda uma chamada urgente para a ação com 13 pontos para a promoção da atividade física e redução do comportamento sedentário.A Rede Esporte pela Mudança Social (REMS) discutiu e produziu o Manifesto O Esporte em defesa da Vida, que busca soluções que fortalecem o esporte no Brasil e assim apresentou uma agenda de ações estratégicas que visam criar condições melhores para o esporte em defesa da vida e uma agenda até 2030.O Fórum Verde Permanente de Parques, Praças e Áreas Verdes, um espaço de união de diversas associações paulistanas atuantes em causas relacionadas ao Meio Ambiente, elaborou uma carta-compromisso aos candidatos em relação ao Meio Ambiente na cidade de São Paulo, principalmente para reinstaurar o percentual de 1% do orçamento para a área e estimular políticas públicas intersetoriais.Em comum, esses cinco documentos prezam por pessoas mais ativas e ambientes facilitadores de uma boa relação dos cidadãos e cidadãs com os espaços e políticas públicas.