1860

Campanha SampaAtiva celebra Dia Mundial da Atividade Física

Ação tem como meta aumentar em 10% a taxa da atividade física da cidade. De acordo com a pesquisa Vigitel, São Paulo é hoje a menos ativa entre as capitais

Para celebrar o Dia Mundial da Atividade Física, comemorado nesta quinta-feira (6), a Prefeitura de São Paulo lançou a campanha Sampa Ativa, que tem o objetivo de aumentar em 10% a taxa da atividade física da cidade. De acordo com a pesquisa Vigitel, do Ministério da Saúde, São Paulo é hoje a cidade menos ativa entre as capitais.

O prefeito João Doria e o secretário de Esportes e Lazer, Jorge Damião, atletas e convidados iniciaram a ação utilizando as escadas do Edifício Matarazzo – sede da Prefeitura, na Região Central, para acessar o gabinete do prefeito (5º andar), com o intuito de mostrar a importância da atividade física e de pequenas atitudes que podem ser tomadas no dia a dia para uma boa saúde mental e corporal.

“Faça exercício, você que está na sua casa, no seu escritório, onde você estiver. O exercício não custa nada, você não precisa ter bens materiais para se exercitar, basta caminhar, andar, fazer todo dia um pouco e com frequência. Você terá mais longevidade e uma saúde melhor”, disse o prefeito.

As atividades físicas não são apenas exercícios praticados dentro de uma academia, uma quadra poliesportiva, ou uma corrida, mas estão também presentes na nossa rotina, como caminhar até o terminal de ônibus mais próximo, subir escadas em vez de utilizar o elevador e até mesmo varrer a casa.

“A principal mensagem que deixamos hoje é mostrar que é possível você transformar a sua vida por meio do esporte para ter mais qualidade de vida. Nós temos o desafio de transformar São Paulo na capital mundial da atividade física, onde as pessoas possam realmente praticar esporte nos parques e nas ruas”, disse Damião.

A ação contou com a participação de esportistas como a campeã brasileira e sul-americana de triatlo Bia Neres, os destaques da natação Leonardo de Deus, campeão pan-americano em Guadalajara e Toronto, Felipe França, primeiro colocado no mundial em 2014 e Thiago Simon, campeão pan-americano em Toronto. Participaram também representantes da Federação Paulista de Atletismo, do Agita SP e convidados do Conselho Regional de Educação Física (CREF).

Sobre o Dia Mundial da Atividade FísicaO Dia Mundial da Atividade Física foi instituído pela Organização Mundial da Saúde como forma de prevenção ao sedentarismo, com incentivos a pratica de atividades físicas em locais públicos.

Segundo dados da OMS (2015), a inatividade física é o quarto principal fator de risco de morte no mundo e aproximadamente 3,2 milhões de pessoas morrem a cada ano.

Além disso, de acordo com o Diagnóstico Nacional do Esporte, pesquisa encomendada pelo Ministério do Esporte, em 2015 (dados revelados em 2016), quase metade da população entre 14 e 75 anos, cerca de 67 milhões de pessoas (45,9%), não pratica nenhum tipo de atividade física.

Fonte: Prefeitura de São Paulo